Recém-formada em clínica médica: quem era a jovem que morreu junto dos pets em acidente de carro

Médica de 29 anos e os seus pets morreram em acidente na Rodovia Marechal Rondon, em Presidente Alves (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

Laís Cristina Agostinho Xavier, de 29 anos, perdeu o controle da direção e capotou na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Presidente Alves (SP). Ela estava com seus animais de estimação, dois gatos e um cachorro, que também morreram no acidente.

A médica que morreu junto dos seus três animais de estimação, nesta terça-feira (9), após o carro que ela dirigia capotar na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Presidente Alves (SP), havia se formado na residência médica – um tipo de especialização na área da saúde – há menos de um ano.

Nascida em Lins (SP), Laís Cristina Agostinho Xavier, de 29 anos, era médica e funcionária do Hospital Estadual de Bauru (SP), unidade onde finalizou, em fevereiro de 2023, a residência pela Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp) em clínica médica.

Médica que morreu em acidente na SP-300, em Presidente Alves (SP), era natural de Lins (SP) — Foto: Arquivo Pessoal
Médica que morreu em acidente na SP-300, em Presidente Alves (SP), era natural de Lins (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

A especialização durou dois anos, com carga horária de 60 horas semanais. A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação, destinada a médicos sob a forma de treinamento em serviço.

Como especialista em clínica médica, Laís tinha como prioridade a atuação na atenção primária e reunia conhecimento de quase todas as demais especialidades, excluindo apenas as de atuação cirúrgica.

Antes disso, Laís Xavier se formou em medicina no Centro Universitário de Votuporanga (SP), entre 2014 e 2020, e frequentou o Instituto Americano de Lins durante o ensino médio.

Laís se formou médica em 2020 — Foto: Arquivo Pessoal
Laís se formou médica em 2020 — Foto: Arquivo Pessoal

Em nota, a Famesp, responsável pela gestão do Hospital Estadual, onde Laís atuava, lamentou a morte da médica. “Condolências à família e aos amigos”, diz o comunicado.

Pelas redes sociais, a família também se despediu da jovem. Além dos pais, ela deixa dois irmãos e uma irmã.

Família de Laís lamentou morte da jovem em acidente em rodovia de Presidente Alves (SP) — Foto: Arquivo Pessoal
Família de Laís lamentou morte da jovem em acidente em rodovia de Presidente Alves (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

“Hoje o Pai recolheu uma Pérola. Descanse em paz, filhota linda de mamis”, publicou sua mãe, Izabel Xavier.

Nas redes sociais, Laís compartilhava fotos ao lado do namorado, com quem completou três anos de relacionamento em novembro de 2023.

“04.11.23 – 3 anos de nós! Eu só queria dizer que te amo infinitamente, pra todo sempre. E que não imagino a minha vida sem você. Como poderia? Todos os meus planos são pensados envolvendo nós dois, em cada detalhe. Não existe mais ‘eu’, sempre ‘nós'”, se declarou ao companheiro em postagem no Facebook.

Médica postava momentos ao lado do namorado nas redes sociais — Foto: Facebook/Reprodução
Médica postava momentos ao lado do namorado nas redes sociais — Foto: Facebook/Reprodução
Médica que morreu em acidente mantinha relacionamento de mais de três anos — Foto: Arquivo Pessoal
Médica que morreu em acidente mantinha relacionamento de mais de três anos — Foto: Arquivo Pessoal

Capotamento

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), a jovem perdeu o controle da direção do veículo que dirigia e bateu contra a canaleta de escoamento de água do canteiro central. O acidente foi registrado por volta das 6h da manhã de terça-feira, na altura do quilômetro 385 da via.

Com o impacto, o carro capotou e só parou no acostamento da pista de sentido oposto. Laís estava com seus animais de estimação no veículo, dois gatos e um cachorro, que também morreram. Os gatos se chamavam se chamavam Vanny e Nutella e cadela era Ana.

Médica que morreu em acidente atuava no Hospital Estadual (HE) de Bauru (SP) — Foto: Facebook/Divulgação
Médica que morreu em acidente atuava no Hospital Estadual (HE) de Bauru (SP) — Foto: Facebook/Divulgação

A médica havia saído da casa de parentes em Lins (SP), com destino a Bauru, onde morava e trabalhava.

O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor no Distrito Policial de Presidente Alves. As causas do capotamento serão investigadas.

O corpo de Laís foi sepultado na manhã desta quarta-feira (10), no Cemitério da Saudade, em Lins.

Laís havia saído da casa de familiares em Lins — Foto: Arquivo Pessoal
Laís havia saído da casa de familiares em Lins — Foto: Arquivo Pessoal

Fonte: G1

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

QUAL O MELHOR PRESENTE PARA PALMITAL NO ANIVERSÁRIO DE 103 ANOS?

Esta votação foi encerrada (since 5 meses).

VOTE NA ENQUETE ABAIXO - ESCOLHA APENAS UMA OPÇÃO

Melhoria na Saúde
35.06%
Melhoria na Segurança
14.34%
Melhoria no Horto Florestal
13.15%
Melhoria do Povo
11.95%
Melhoria na Educação
8.76%
Melhoria nas Estradas Rurais
6.77%
Melhoria na Arborização
3.98%
Melhoria na habitação
3.98%
Melhoria na Assistência Social
1.99%

Foto do Leitor

Envie sua Imagem de fato positivo ou negativo

HORÁRIOS DE ÔNIBUS

Clique na Imagem e Acesse os Horários

TV JC

Temas

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.