Renato Aragão perde o direito de usar a marca Didi depois de 60 anos

Segundo o jornalista Ricardo Feltrin, marca foi adquirida pela empresa chinesa Beijing Didi Infinity, após humorista não renovar propriedade

O humorista Renato Aragão, de 88 anos, perdeu o direito de usar a marca Didi para o lançamento de produtos e serviços, depois de cerca de 60 anos de propriedade.

Segundo o jornalista Ricardo Feltrin, a marca acabou sendo adquirida pela empresa chinesa Beijing Didi Infinity, a mesma que comprou a marca Didizinho.

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) costuma avisar ao proprietário sobre a proximidade do vencimento alguns meses antes de a situação ocorrer. Por isso, não se tem conhecimento sobre o motivo que fez Renato Aragão não renovar a propriedade da marca.

Fonte: Metrópoles

Compartilhe

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.