Santa Casa oferece videocirurgia a pacientes do SUS
Compartilhe

Hospital utiliza equipamento que possibilita intervenções menos invasivas para casos de retirada de vesícula

 

A atual equipe gestora da Santa Casa de Misericórdia de Palmital, que está sob intervenção da Prefeitura, trabalha para garantir o pleno funcionamento da entidade e a melhoria dos serviços prestados gratuitamente à população. Um dos benefícios recentes aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) foi a retomada das videocirurgias que são indicadas a alguns pacientes, com equipamento que possibilita intervenção menos invasiva e uma recuperação mais rápida.

Os procedimentos são realizados com um videolaparoscópio adquirido pela entidade há cerca de dez anos, por meio de verbas federais. O equipamento, que ficou inativo por um período, permite que a cirurgia seja feita sem cortes extensos, por meio da utilização de cânulas inseridas na cavidade abdominal com as quais o médico visualiza a área a ser trabalhada e faz todos os procedimentos necessários. A técnica é realizada somente em casos de retirada de vesícula biliar.

Segundo a interventora administrativa Fabiana Paes, as cirurgias por vídeo estavam “estacionadas” devido à falta de materiais. Contudo, o hospital conseguiu regularizar a situação junto ao fornecedor para a retomada dos trabalhos. Até o momento, já foram realizadas nove intervenções do gênero neste ano. “Nem todos podem passar pelo sistema. A videocirurgia é realizada somente nos casos em que há a indicação médica. O serviço beneficia os pacientes, com técnica menos invasiva, com redução de riscos e melhor recuperação”, disse.

De acordo com a interventora, a Santa Casa já realizou um total de 261 cirurgias (14 delas por vídeo), sendo 90% de forma gratuita para atender aos pacientes do SUS. A entidade, como parte do plano de reestruturação dos serviços para ampliar a arrecadação, também conseguiu parcerias para a reativação da radiologia, com raios-x e mamografia. O Centro de Diagnóstico ainda oferece consultas em diversas especialidades para pacientes de convênios e particulares.

Compartilhe

Deixe uma resposta