Suplente assume vaga de vereador cassado após sair com ambulância nova e devolver veículo batido

O advogado Guilherme Hernandes (PP), de 36 anos, tomou posse na Câmara de Vereadores de Itápolis (SP) no lugar do ex-vereador Marcelo Martins (PSL), que foi cassado no fim do mês passado após ser investigado por pegar uma ambulância nova do município e devolver o veículo batido. A oficialização da posse aconteceu durante sessão extraordinária realizada na segunda-feira (15/07).

 

O cargo ficou vago desde a cassação, porque Hernandes havia anunciado em suas redes sociais que renunciaria à condição de suplente. Durante a posse, o novo vereador disse que “mudou de ideia”.

 

O CASO

Marcelo Martins, que também era presidente da Câmara, foi cassado por sete votos a dois após investigação por uma Comissão Processante em dois processos. Um por quebra de decoro por dirigir a ambulância sem placa, fazendo promoção pessoal com bem público, e o outro por improbidade administrativa.

RELEMBRE O CASO CLICANDO AQUI

O processo de cassação começou após a circulação nas redes sociais de um vídeo de Martins chegando com a ambulância a Tapinas, distrito de Itápolis.  Nas imagens, é possível ver que ele liga a sirene do veículo e depois usa o sistema de som para chamar a atenção dos moradores com frases como “Alô, Tapinas, a ambulância chegou” (veja no vídeo acima).

 

No dia seguinte ao “passeio” polêmico com a ambulância nova, o coordenador de Transportes, Luan de Oliveira, gravou um vídeo mostrando a ambulância amassada e disse que o vereador pegou o veículo sem autorização. Na época, a reportagem do G1 tentou entrar em contato com Martins, mas não obteve retorno.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia