• Post category:Polícia
Compartilhe

Homem de 31 anos estava com cilindro de gás e câmera furtados de fábrica de amidos de mandioca; como representantes da empresa não foram localizados durante o flagrante, ele foi liberado

 

A Polícia Militar deteve, na madrugada do último domingo, um homem de 31 anos acusado de subtrair objetos de uma fábrica de amidos de mandioca na região do bairro São José. O acusado portava um cilindro de gás, uma câmera de segurança e uma faca, objetos que foram apreendidos e apresentados na Delegacia de Palmital. Como nenhum representante da empresa compareceu para a comprovação do furto, ele foi liberado. O caso está sendo apurado pela Polícia Civil.

Registros de ocorrência apontam que policiais militares foram acionados por volta da 1 hora de domingo passado para apurar um furto praticado na empresa, que funciona na Rua São Paulo, em que dois ladrões vestindo roupas pretas tinham pulado o muro da fábrica e subtraído um compressor. Os PMs fizeram buscas e encontram nas imediações o homem que usava roupas escuras e carregava um cilindro de gás, uma câmera e uma faca.

Os policiais não conseguiram contato com representantes da empresa para confirmar o furto e derrubar a versão do suspeito, que alegava ter encontrado os materiais jogados em uma calçada do lado de fora da indústria. O acusado, que é conhecido como usuário de drogas, se mostrou alterado e foi algemado para apresentação na Delegacia da Polícia Civil. Pela falta de comprovação do delito, o delegado liberou o homem e apreendeu os materiais para apuração da procedência.

Compartilhe

Deixe uma resposta