Três homens são presos suspeitos de matar idoso e roubar objetos da casa dele em Bandeirantes
Foto: Reprodução Passando a Régua
Compartilhe

Três homens foram presos suspeitos de matar um idoso de 63 anos e roubar alguns objetos da casa dele em Bandeirantes, no Norte do Paraná. O crime foi descoberto dois dias depois da vítima ser morta na própria casa. Os suspeitos foram presos no sábado (18/09).

O caso foi revelado após um policial militar que estava de folga desconfiar de um carro que estava abandonado em uma estrada rural. Com os dados da placa, ele e mais uma equipe da Polícia Militar foram até o endereço que o veículo estava registrado.

O endereço era de um irmão da vítima. Como no carro foram encontrados controle de portão e chave da casa, esse parente foi junto com os policiais até a residência do proprietário do automóvel. Ao entrarem no imóvel, encontraram o corpo da vítima caído no chão.

Durante as investigações, a polícia chegou até o primeiro suspeito. Este homem foi preso quando tentava se esconder em um barracão perto de uma igreja. Ele confessou o crime, segundo a Polícia Militar (PM), e disse que teve ajuda de mais dois homens.

Os outros dois suspeitos foram presos momentos depois e um deles também confessou que ajudou a matar o idoso, ainda de acordo com a polícia.

À polícia, o primeiro homem preso contou que conhecia o idoso e que pegou uma carona com ele no dia 13 de setembro. No trajeto, o aposentado contou que tinha recebido R$ 1.500. Depois disso, o suspeito planejou roubar a casa da vítima junto com outros dois homens.

No dia seguinte, 14 de setembro, os três invadiram a residência e, com um cinto, asfixiaram a vítima até ela morrer. Os suspeitos do latrocínio ainda venderam alguns objetos que roubaram do imóvel, conforme a PM.

Na casa desse primeiro suspeito preso os policiais encontraram o banco traseiro do veículo do aposentado e objetos roubados da casa. A PM informou que esse homem utilizou o carro do aposentado para fazer uma mudança.

Duas pessoas que compraram esses itens também foram identificadas e presas pelo crime de receptação. Os cinco suspeitos foram levados à delegacia de Bandeirantes.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta