Tribunal do crime executa estuprador de criança

Tribunal do crime executa estuprador de criança

Polícia abordou Astra da rodovia (foto Manoel Moreno)

 

Uma denúncia de estupro de uma criança em Paraguaçu Paulista levou à identificação de um grupo criminoso que julgou e condenou a morte o abusador, cujo corpo foi encontrado enterrado em Cândido Mota.

Segundo dados oficiais, uma equipe da Força Tática da Polícia Militar recebeu denúncia anônima, na quinta-feira, 17, de um caso de estupro de criança ocorrido em Paraguaçu Paulista.

Segundo o relato, um homem identificado como Adenilson havia estuprado a própria enteada, uma menina de 10 anos, e estaria sendo julgado pelo “tribunal” de uma facção criminosa, pois tanto o padrasto como sua companheira, a mãe da criança, teriam sido sequestrados.

Uma nova denúncia, na sexta-feira, 18, informou que o “julgamento” pelo “tribunal” já havia acontecido, com a condenação à execução sumária do padrasto e liberação da mãe, que foi inocentada.

Também foi informado que os membros do grupo criminoso, pertencentes a uma facção, fugiam em um automóvel GM-Astra pela rodovia Manilo Gobbi, que liga Assis a Paraguaçu Paulista, onde foi feito o bloqueio policial para abordagem.

O automóvel, com cinco homens, foi parado na rodovia e revistado pelos policias, que também questionaram individualmente os ocupantes.

Mesmo com informações conflitantes, um deles confessou que havia acontecido o julgamento do estuprador, condenado a morte, enquanto sua companheira, a mãe da criança, foi perdoada e liberada.

Segundo o delator, eles haviam recebido ordens para acompanhar o caso e confirmar se outros dois homens iriam de fato executar o acusado de estupro da criança.

Também foi informado à Polícia que Adenilson teria sido morto com golpes de pá e seu corpo enterrado as margens de uma estrada vicinal em terra nas proximidades de Cândido Mota.

Policiais encontraram o local apontado pelo delator, onde havia terra remexida recentemente, e solicitaram a presença da Polícia Científica, cujos peritos encontraram o corpo constatado como sendo de Adenilson.

Seguindo pistas passadas pelo informante, equipes de policiais localizaram e prenderam em Cândido Mota outros dois homens que estariam envolvidos no crime como executores do estuprador.

 

 

 

 

Compartilhe

destaques da edição impressa

colunistas

Cláudio Pissolito

Don`t copy text!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.