Compartilhe

Recursos não utilizados durante o primeiro biênio foram destinados à Prefeitura para aplicação em obras e projetos

jornal da comarca comarca
Economia na Câmara Municipal reverte recursos à Prefeitura

 

A Câmara Municipal de Ibirarema é uma das mais econômicas do Brasil e, nos últimos anos, oferece significativa cota de contribuição para com a administração municipal que utiliza recursos devolvidos para execução de obras e o desenvolvimento de projetos, como o Distrito Industrial.

Trabalhando com estrutura bastante reduzida, com apenas três funcionários efetivos que se responsabilizam por todos os serviços que são otimizados e racionalizados em respeito aos recursos públicos, foi possível reduzir muito o custo operacional da casa. O custo político também segue a mesma linha, com os subsídios dos vereadores coerentes com a realidade econômica do município e pouco acima de um salário mínimo para cada membro da casa.

Com essas medidas consideradas eficientes e que garantem a qualidade dos serviços, o Legislativo Municipal de Ibirarema conseguiu devolver mais de R$ 1 milhão à Prefeitura no primeiro biênio da atual legislatura, sob a presidência do vereador Reinaldo de Oliveira.

No exercício de 2017, conforme dados da Câmara, foi feita a devolução de R$ 510.333,05. No ano passado, o valor restituído aos cofres municipais chegou a R$ 493.611,24 e que somaram R$ 1.003.944,29. Os recursos do duodécimo economizados pelo Legislativo foram devolvidos ao Executivo para investir em obras e projetos de interesse econômico e social.

Os recursos recebidos pelas câmaras municipais são oriundos do chamado duodécimo, que representa um porcentual da arrecadação do município destinado à manutenção do Poder Legislativo. Em Ibirarema, cuja Câmara funciona com poucos funcionários e paga subsídios reduzidos aos vereadores, a economia anual chega a 50% dos valores repassados pela Prefeitura.

“Sem carro de luxo, sem cabide de emprego, sem verba de gabinete, sem contratações e compras inúteis para gastar a verba repassada. Um ótimo exemplo para quem acha que tudo na política está perdido”, elogiou o prefeito Thiago Briganó.

Thiago afirmou que os recursos devolvidos são aplicados nos projetos e obras mais importantes do município, principalmente para custear a contrapartida de convênios com os governos estadual e federal e também para aplicação nas obras do Distrito Industrial. “A economia do orçamento do Legislativo durante a presidência do Reinaldo Oliveira nos ajudou a investir em diversas frentes, como no Distrito Industrial, na saúde e na educação, garantindo benefícios à nossa população”, enfatizou.

O prefeito disse ainda que confia muito na colaboração da nova Mesa Diretora da Câmara para o biênio 2019/2020, para continuar contando com recursos devolvidos que auxiliam na administração e na execução de projetos para o futuro de Ibirarema.

A vereadora Simone Matias, que assumiu a presidência em janeiro, já se comprometeu com a política de austeridade da Câmara Municipal. Ela garantiu que manterá a linha adotada pelo ex-presidente Reinaldo e já anunciou que deverá manter a administração legislativa ainda mais enxuta para os próximos anos. “Vamos continuar a respeitar os recursos públicos e, dentro do possível, economizar ainda mais para destinar mais verbas às obras e serviços municipais”, salientou a presidente.

 

jornal da comarca comarca

DOAÇÃO PARA O NATAL – No início de janeiro, Ibirarema recebeu a primeira doação para aquisição de brinquedos já para o projeto de Natal de 2019. O prefeito Thiago Briganó e a presidente da Comissão de Eventos, Nereida Camacho, receberam o representante da Germânia Chopp, de Taquarituba, que fez a doação de R$ 10 mil ao Fundo Social de Solidariedade. No ano passado, o projeto “Terra do Natal” recebeu cerca de 50 mil que foram investidos na decoração e nas atrações da Praça Francisco Duarte, além de uma programação apresentações artísticas.

Compartilhe

Deixe uma resposta