Vacina contra a gripe tem recorde de procura em Palmital (saiba tudo sobre gripe e resfriado)
Compartilhe

Em oito horas consecutivas de trabalho, 965 doses foram aplicadas pela equipe da Posto de Saúde, com média de 120,6 aplicações por hora e mais de duas vacinas por minuto

Equipe trabalhou muito para atender a enorme demanda de vacinação deste sábado

O mutirão de vacinação de idosos e professores contra a Influenza (gripe), levado a efeito neste sábado, 08, pela Secretaria da Saúde da Prefeitura de Palmital, superou todas as expectativas e atingiu números expressivos, com quase mil pessoas atendidas em oito horas de trabalho.

Muita gente procurou o Posto de Saúde para vacinar contra a gripe

Em meio à vacinação contra a Covid, que mobiliza as atenções da população, e diante da redução da procura pela imunização contra a gripe nos últimos anos, foi feito um esforço de divulgação para atrair principalmente os idosos, que são mais suscetíveis à doença e às possíveis complicações.

Foram aplicadas mais de duas vacinas a cada minuto

Com início dos trabalhos às 8 horas, no Centro de Saúde Dr. Nelson da Cunha Bastos (Posto Central), uma equipe de mais de 10 pessoas, com a presença da secretária de saúde Nádia Ortiz, e do prefeito Luís Gustavo Mendes Moraes, foi necessária bastante agilidade para atender a todos que procuraram a vacina.

Vacinação contra a gripe continua até de junho

Segundo o balanço feito no encerramento da vacinação, neste sábado foram vacinados 865 idosos, 99 professores e funcionários de escolas e um funcionário do setor da Saúde, totalizando 965 vacinas aplicadas no período de 8 horas.

A enorme demanda exigiu esforço dos funcionários, que se desdobraram para atender a todos. Para vacinar 965 pessoas em oito horas, foi necessário manter a média de 120,6 aplicações a cada hora, que obrigou a atender mais de duas pessoas por minuto. “Foi a maior procura por vacina em apenas um dia desde 1988, salientou a secretária Nádia Ortiz, que elogiou o trabalho e o desempenho da equipe de vacinação. “Todos trabalharam muito e são responsáveis pelo recorde de hoje”, salientou.

A vacinação contra a gripe continua até 8 de junho para idosos e professores, incluindo aqueles que não puderam se vacinar por causa do intervalo necessário entre as vacinas da Covid e da Gripe. As datas e horários dos demais grupos serão divulgados pelos canais utilizados pela Prefeitura, com a colaboração do JC Online, que presta serviço de utilidade pública à população de Palmital.

Mutirão de vacinação de idosos começou neste sábado com enorme sucesso

O QUE É GRIPE?

A Influenza ou gripe é uma doença viral aguda do aparelho respiratório, que provoca febre, tosse, dor de garganta, dores no corpo e mal estar. Geralmente benigna e autolimitada, pode em alguns casos apresentar complicações, levando à internação hospitalar e até mesmo ao óbito em casos extremos.

O QUE CAUSA?

A Gripe é causada pelos vírus Influenza que compreendem 3 tipos de vírus A, B e C. Os mais importantes são os vírus Influenza A e B. Nos vírus Influenza A se destacam os subtipos A/H1N1 e A/H3N2. Os Vírus Influenza B apresentam 2 subtipos.

QUAIS OS SINTOMAS DA GRIPE?

O inicio da doença, é em geral súbito com febre alta (temperatura acima de 37,8) e tosse. Em seguida podem surgir dores musculares, dor de garganta, dor de cabeça, coriza, mal estar intenso, e tosse seca. Diarréia e vômitos podem aparecer em crianças. A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios como a tosse e outros se mantêm em geral de três a cinco dias após o desaparecimento da febre. Alguns casos podem apresentar complicações graves, como pneumonia, podendo necessitar de internação hospitalar.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE GRIPE E RESFRIADO?

Gripe e resfriado são doenças distintas, como os sintomas são muito semelhantes as pessoas tendem a achar que são a mesma doença. Ambos são causados por vírus, porém de tipos diferentes, a Gripe é causada pelos vírus da família Influenza, já o Resfriado, é causado por vírus diferentes como o Rinovírus, os vírus parainfluenza e o vírus sincicial respiratório que geralmente acomete crianças.

O resfriado é uma doença mais branda, com sintomas mais leves, a febre é menos comum e, quando presente, as temperaturas são baixas, o paciente costuma apresentar, coriza, espirros, congestão nasal, tosse, dor no corpo e dor de garganta leve, mas encontra-se mais ou menos bem disposto, apenas incomodado com estes sintomas. As complicações não são comuns.

A gripe é uma infecção mais grave e na prática costuma-se dizer que a Gripe costuma “derrubar” a pessoa, podendo deixá-la de cama sem a menor condição de exercer suas atividades habituais e de sair de casa para estudar ou trabalhar.

Compartilhe