Compartilhe

O vereador Nilson da Silva, o Pavão, o terceiro mais votado nas eleições de 2016 em Assis, protagonizou uma cena deprimente na noite de segunda-feira, 4 de fevereiro, logo após participar da primeira sessão ordinária da Câmara Municipal em 2019. Vídeo que circula pelas redes sociais mostra ele completamente transtornado e com aparência de embriagado ou sob efeito de substância entorpecente, subindo e danificando o próprio automóvel após uma abordagem da PM feita na esquina da Avenida Nove de Julho com a Rua Gonçalves Dias.

Vestido de terno, Pavão subiu em seu veículo Fiat Linea, prata, e começou a pular sobre o capô e o teto, além de quebrar e arrancar o limpador de pára-brisa. Em cima do veículo, sob olhares de transeuntes e gravações de telefone celular feitas por um policial militar, ele faz ameaças ao vereador Valmir Dionísio, que é policial militar aposentado, e ao advogado Ernesto Nóbile, que foi seu suplente recentemente, no período em que teve de se afastar para tratamento de dependência química.

Durante o vídeo, quando estava pulando e danificando o teto do carro, ele dizia: “Eu vou matar o Valmir. Porque o cabeça disso é o Valmir. É o Valmir que caguetou. Eu mato o Valmir e mato o Ernesto Nóbile. Quero ver se eu não mato eles. Eu acabo com tudo o que tenho. O Valmir eu vou matar ele hoje. Eu vou na casa dele agora. Eu vou me maquinar e vou lá na casa do Valmir”.

O vídeo termina com o vereador saindo a pé, observado pelos policiais. Durante a blitz para averiguação no centro de Assis, houve a constatação de que o carro do vereador estava com o licenciamento vencido. Com isto, o veículo foi aprenendido.

Segundo a ocorrência registrada, no vereador submetido ao teste do bafômetro não foi constatado estado de embriaguez. Entretanto, durante o registro do B.O, no Plantão da Polícia Civil, foi feita a requisição do exame toxicológico, que teria sido feito na Unidade de Pronto Atendimento e cujo resultado ainda não foi divulgado.

Com informações do Jornal da Segunda

 

CONFIRA O VÍDEO DO VEREADOR ASSISENSE

Compartilhe

Deixe uma resposta