Compartilhe

Há quem pensa que conhece o amor só porque experimentou a paixão; há que pensa que vive o amor só porque se deu a conhecer a alguém; há quem pensa que tem o amor só porque está com alguém… O amor é mais! O amor é maior!

O amor é a experiência humana mais completa e integradora, mais profunda e simples, mais acessível e tocante, mais direta e envolvente. O amor é o tudo de uma pessoa. O amor é a alma humana. Por isso, amar é viver!

A Sagrada Escritura é bastante contundente, quando se refere ao amor: O amor é Deus! Por isso é tão acessível e possível aos homens.

O amor não é algo abstrato e nem se reduz aos sentimentos, à vontade e aos desejos. O amor é o que confirma a existência humana em tudo o que lhe é humano. Quem não ama deixou de ser gente ou nunca foi.

Vejamos o que dizem alguns textos bíblicos

Cântico dos Cânticos 8,5-7:“Grave-me, como selo em seu coração, como selo em seu braço; pois o amor é forte, é como a morte! Cruel como o abismo é a paixão. Suas chamas são chamas de fogo, uma faísca de Javé! As águas da torrente jamais poderão apagar o amor, nem os rios afogá-lo. Quisesse alguém dar tudo o que tem para comprar o amor… seria tratado com desprezo”;

1Coríntios 13,1-8: “Ainda que eu falasse línguas, as dos homens e dos anjos, se eu não tivesse o amor, seria como sino ruidoso ou como címbalo estridente.

Ainda que eu tivesse o dom da profecia, o conhecimento de todos os mistérios e de toda a ciência; ainda que eu tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tivesse o amor, eu não seria nada.

Ainda que eu distribuísse todos os meus bens aos famintos, ainda que entregasse o meu corpo às chamas, se não tivesse o amor, nada disso me adiantaria.

O amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho. Nada faz de inconveniente, não procura seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se regozija com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

Provérbios 12,1:“Quem ama a correção ama o saber; quem detesta a correção torna-se imbecil”;

Provérbios 29,3: “Quem ama a sabedoria alegra o seu pai, mas quem freqüenta prostitutas desperdiça seus bens”;

Eclesiástico 3,25: “Um coração obstinado acabará mal, e quem ama o perigo nele cairá”;

Eclesiástico 30,1: “Quem ama o próprio filho, usa bastante o chicote, para no fim se alegrar”;

Eclesiástico 31,5: “Quem ama o ouro não se conserva justo, e quem corre atrás do lucro, com ele se perderá”;

Romanos 13,8: “Não fiquem devendo nada a ninguém, a não ser o amor mútuo. Pois, quem ama o próximo cumpriu plenamente a Lei”;

Efésios 5,28: “Portanto, os maridos devem amar suas mulheres como a seus próprios corpos. Quem ama sua mulher, está amando a si mesmo”;

1João 2,10:“Quem ama o seu irmão permanece na luz, e nele não há ocasião de tropeço”;

1João 4,21: “E este é justamente o mandamento que dele recebemos: quem ama a Deus, ame também o seu irmão”;

Finalmente, eis o que encontramos em 1Jo 4,7-8: “Amados, amemo-nos uns aos outros, pois o amor vem de Deus. E todo aquele que ama, nasceu de Deus e conhece a Deus. Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.”

De fato, viver bem é amar!

Compartilhe

Deixe uma resposta