Acidente que matou jovem assisense, cujos órgãos foram doados, ocorreu em Palmital
Compartilhe

Um acidente ocorrido na noite de sábado na Raposo Tavares em Palmital causou a morte da jovem comerciante Yara Siqueira da Silva Correa Alves da Costa, de 23 anos. Registros policiais mostram que ela conduzia uma Honda Fan 150 e caiu nas proximidades do acesso a Platina, sofrendo trauma craniano que levou ao comprometimento das funções neurológicas. Seu namorado, o ajudante geral Marcelo Santos Rodrigues de Almeida, de 19 anos, também estava na moto e sofreu ferimentos leves.

 

Conforme Boletim de Ocorrência registrado pela mãe da jovem na noite de segunda-feira (29/07) no Plantão da Polícia Civil de Assis, o fato ocorreu na noite de sábado, pouco depois das 21 horas, quando o casal trafegava pela Raposo Tavares. Uma tia informou que o casal estava vindo passear em Palmital. O acidente ocorreu no quilômetro 425, nas proximidades do trevo de acesso a Platina.

 

Informações da polícia mostram que a Honda Fan, da cor preta, pertencia a Yara. Conforme a ocorrência, o acidente foi atendido por uma equipe da Polícia Militar, que fez a orientação do trânsito no local para as ações de socorro à jovem assisense, que foi levada em estado grave para o Núcleo de Atendimento Referenciado (NAR), que funciona no Hospital Regional de Assis.

 

O namorado da jovem disse aos policiais militares que o acidente teria sido ocasionado pelo estouro do pneu traseiro da moto.  Como o local estaria prejudicado, conforme dados da PM, não houve o acionamento da Polícia Civil para a perícia. Familiares de Yara informaram que, devido à força da pancada no asfalto, o capacete se abriu na parte de trás. A violência do impacto causou severa lesão cerebral, que ocasionou a interrupção da atividade neurológica.

 

DOAÇÃO – A morte cerebral de Yara foi conformada na noite de segunda-feira (29/07). Depois que a família optou pela doação, começou uma corrida para avaliar a viabilidade dos órgãos que serão destinados a pacientes de aguardam na fila de transplantes.

 

Nesta terça-feira (30/07) chegaram a Assis equipes da Central de Captação e Distribuição de Órgãos. Ainda não houve informação de quantas pessoas serão beneficiadas com a doação nem para quais hospitais os órgãos retirados serão encaminhados. Yara, que era divorciada, que deixa uma filha de três anos.

Compartilhe

Deixe uma resposta