Adolescente é apreendido com drogas no conjunto Albino Rainho

Um adolescente de 16 anos foi apreendido na manhã de terça-feira (06/08) no conjunto habitacional Albino Rainho pela prática de tráfico de drogas. O menor estava em uma casa abandonada, que é conhecida como ponto de venda de entorpecentes, e foi flagrado quando “atendia” a um trabalhador rural de 21 anos. No local foram encontradas porções de droga e dinheiro obtido com a atividade ilegal.

 

De acordo com informações de ocorrência, policiais militares realizavam patrulhamento pela rua João Flauzino da Silva, no conjunto Albino Rainho, com o objetivo de combater ilícitos penais. Por volta das 10h30, eles depararam com o trabalhador rural, que reside no bairro São José, tentando passar uma nota de R$ 20,00 pela fresta do muro de uma residência abandonada, que é conhecida como ponto de venda de drogas e alvo de diversas denúncias da população.

 

Os policiais abordaram o rapaz e constataram que o menor pulou o muro dos fundos do imóvel e tentou fugir pela vizinhança. Porém, os pms fizeram cerco e conseguiram captura-lo do outro lado do quarteirão. O menor, que apresentava escoriações no braço sofridas durante a fuga, negou inicialmente o tráfico. Porém, acabou confessando que realizava o tráfico o imóvel desabitado.

 

Durante vistoria na casa, os pms encontraram 33 porções de maconha acondicionadas em plástico filme, 14 pinos com cocaína e 4 pedras de crack. Todas as porções estavam prontas para venda. No local também estavam R$ 506,50 em dinheiro, divididos em notas e moedas diversas, que seriam o resultado da venda das drogas durante a manhã de terça-feira.

 

O menor informou que tinha outras drogas em sua residência, que fica Vila Albino. Os policiais foram até a casa e localizaram no quarto do rapaz mais 7 porções de maconha embaladas e outras 3 a granel, além de uma balança de precisão. A 43 porções da erva totalizaram 75 gramas. A ocorrência resultou ainda na apreensão de 10 gramas de cocaína e 1 de crack.

 

O adolescente e trabalhador rural foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil, onde foram autuados pelo delegado Giovani Bertinatti. O menor apreendido, enquadrado em ato infracional de tráfico de drogas, acabou encaminhado sob tutela para a Cadeia Pública de Lutécia. O rapaz foi enquadrado em porte de entorpecente e, por ser um crime de menor potencial ofensivo, liberado para responder ao processo em liberdade. 

Leia também no JC Online

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia