Após briga doméstica, pai tenta matar o próprio filho
Compartilhe

O pai tentou matar o próprio filho na noite de segunda-feira (17/06), na Rua Antônio Nakagava, em Chavantes. O crime ocorreu depois de um desentendimento doméstico. De acordo com a Polícia Militar, o fato aconteceu por volta das 21 e, por pouco, o auxiliar geral Milton Dias, de 40 anos, não matou o trabalhador rural Cleiton, de 20 anos.

 

De acordo com Boletim de Ocorrência, a briga começou após Cleiton querer sair de casa com a namorada, uma jovem de 18 anos, que testemunhou toda a confusão. Segundo a moça, o pai teria ameaçado a garota e pedido para que ela pegasse a arma, uma garrucha calibre 22 e munições, que estavam no guarda-roupas, no quarto de Milton.

Com medo, a jovem pegou a arma e entregou para o pai do namorado. A discussão continuou com ameaças de morte do pai para o Cleiton, que disse que iria embora de casa com a namorada. Quando o rapaz saiu do portão da residência percebeu que o pai engatilhou a garrucha e apontou em sua direção.

 

Percebendo a ação do pai, Cleiton foi até ele e o empurrou para evitar o disparo, mesmo assim o disparo foi efetuado que passou ao lado da cabeça do rapaz, atingindo o muro da casa do vizinho. Depois, o jovem fugiu correndo de casa e chamou a Polícia Militar, que foi até o a casa e não encontrou Milton, que havia fugido.

 

De posse das características do homem, os policiais conseguiram localizar o autor do disparo na Avenida João Carneiro Dias. Perguntado, Milton negou tentou matar o filho e alegou que o disparo foi só para assustá-lo.  A arma do crime já estava escondida na casa de um enteado do autor, onde foi localizada com cinco munições intactas.

Diante dos fatos, o acusado foi levado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ourinhos, onde foi autuado em flagrante e encaminhado à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo, ficando à disposição da Justiça.

 

Fonte: Passando a Régua

Compartilhe

Deixe uma resposta