Compartilhe

Então olhei para o campo e ví o Brasil …

– Quero saber apresenta:

” … produção agropecuária paulista em 2021: – Segundo os dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na safra 2020/21, o Estado de São Paulo se manteve como o maior produtor nacional de açúcar, amendoim, cana-de-açúcar e etanol. A produção de amendoim foi de 561.600 toneladas, cerca de 94,0% da produção nacional. Na cana-de-açúcar, o Estado representou 54,1% do volume colhido no país, com 354 milhões de toneladas. Já o açúcar paulista somou 26,1 milhões de toneladas, ou 63,2% do cômputo nacional. A produção de etanol, foi responsável por 43,9% do total brasileiro, com 14,4 bilhões de litros. Outro importante destaque na pauta agrícola do Estado é o café. Mesmo com os problemas climáticos enfrentados em 2021, como a seca prolongada e as geadas ocorridas entre junho e julho, a produção paulista de café somou 4,0 milhões de sacas, ou 8,4% do total nacional, mantendo o Estado como o terceiro maior produtor brasileiro …”

* A divulgação do agro-paulista precisa ser incrementada?

* No interior do Estado, a produção agropecuária é forte?

* A conciência que alimento é agro é miúda ainda?

A agropecuária no estado de São Paulo é grande, mas a divulgação é pequena – Foto: Pixabay

O Estado de São Paulo, é desenvolvido agropecuariamente falando, mas isto não é quase divulgado no espaço urbano. Quando sentados à mesa para tomar a refeição, nós não pensamos no agro. Mas quando estamos diante de um prato de comida, a realidade é a agropecuária. As pessoas urbanas, as que vivem e trabalham nas cidades elas quase que desconhecem o campo e a realidade de que refeição é produto agro. O Estado de São Paulo, por exemplo é um estado industrial, mas tem o agro também. Somos os campeões em produção de açúcar, amendoim, cana-de-açúcar e etanol. Poderíamos divulgar mais a agropecuária paulista, e a conciência de que refeição é agro.

– Por hoje é isso. Boa semana, forte abraço e até a próxima palavra Brasiliana, com harmonia, paz, prosperidade e sossego.

Compartilhe

Deixe um comentário