Cadastramento biométrico é iniciado em Campos Novos Paulista

Equipe do Cartório Eleitoral da Comarca começa a atender terça-feira na Câmara Municipal para facilitar acesso ao processo de revisão do eleitorado

 

 

A Justiça Eleitoral da Comarca inicia na próxima terça-feira os trabalhos de cadastramento biométrico itinerante na Estância Climática de Campos Novos Paulista. O atendimento, que será mantido até o final de junho, possibilitará o atendimento pela equipe do Cartório Eleitoral aos eleitores nas dependências da Câmara Municipal. O trabalho tem como objetivo facilitar e agilizar o processo de revisão do eleitorado determinado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

O procedimento realizado pela Justiça Eleitoral tem como finalidade a coleta de informações sobre as características dos eleitores, incluindo foto, impressões digitais e assinatura, que garantirão mais segurança na identificação dos votantes nas eleições municipais de 2020. O trabalho de cadastramento biométrico itinerante na Comarca, iniciado em Ibirarema no mês passado, foi idealizado pela equipe do Cartório Eleitoral de Palmital e autorizado pelo TRE-SP. Quem não fizer o procedimento até outubro terá o título cancelado.

De acordo com o Cartório Eleitoral, os equipamentos serão instalados na segunda-feira na Câmara Municipal de Campos Novos Paulista, onde serão feitos testes de funcionamento. Na terça- feira, o atendimento deverá ser iniciado no período das 13 às 18 horas. Os serviços continuam nos mesmos horários até o final de junho. No ato do recadastramento, os eleitores deverão apresentar documentos pessoais e um comprovante de residência.

Segundo o chefe do Cartório Eleitoral da Comarca de Palmital, Carlos Alberto Guedes, os atendimentos em Campos Novos serão realizados por integrantes da equipe que atua no Fórum de Palmital. Ele destacou que o serviço pode atender até 60 pessoas por dia, sem grande demora em filas. “Caso este montante seja confirmado, é possível que consigamos atender a todos os eleitores até o final do mês. Contudo, as pessoas têm de comparecer”, enfatizou. Até esta semana, segundo informações do TSE, apenas 1.640 eleitores do município, que tem 3.647 inscritos, haviam se recadastrado, totalizando adesão de apenas 44,97%.

Segundo Guedes, todos os serviços itinerantes são organizados para oferecer o máximo de benefício aos eleitores, evitando que tenham de se deslocar até o Cartório Eleitoral em Palmital para fazer o cadastramento biométrico. “Quem perder a oportunidade, terá de vir até a sede da Comarca para o procedimento. Se não comparecer ao processo de revisão eleitoral, que se encerra em outubro, terá o título cancelado”, alertou. O trabalho conta com apoio da Prefeitura e Câmara para a divulgação dos serviços prestados pela Justiça Eleitoral. Em julho, o recadastramento será feito em Platina.

Leia também no JC Online

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia