Cemitério de Palmital deve receber grande número de visitantes no Finados
Compartilhe

Expectativa é de que a necrópole receba milhares de pessoas neste sábado, no dia dedicado aos mortos; missas serão celebradas no período da manhã

 

O Cemitério Municipal de Palmital deve receber um grande número de visitantes neste sábado para as celebrações do Dia de Finados. A Prefeitura, que administra a necrópole, realizou melhorias nas instalações e estima de milhares de pessoas deverão passar pelo local na data dedicada à memória dos mortos. A programação religiosa, realizada pelas paróquias da cidade, prevê duas missas no período da manhã.

Nos últimos dias, o cemitério registrou aumento na movimentação de pessoas para a realização de obras, reformas e a limpeza dos túmulos. A Prefeitura também fez a preparação da necrópole com melhorias nas instalações e pintura de muros e guias. A administração municipal também determinou que o comércio ambulante atue somente na rua Gregório Telles, proximidades da Santa Casa.

A programação religiosa é feita pelas duas paróquias de Palmital. Às 7h30, em frente à capela na entrada do cemitério, está prevista missa celebrada pela comunidade de São Sebastião. Às 10 horas, o evento religioso é promovido pela Paróquia Santo Antônio. Segundo o setor de Cadastro da Prefeitura, até esta semana o cemitério tinha 19.064 pessoas sepultadas, das quais 12.066 são adultos e 6.998 crianças e adolescentes até 14 anos.

Um esquema especial de trânsito também é desenvolvido, com a pista asfaltada da alameda da Paz destinada somente a pedestres. O trecho com paralelepípedos será utilizado para a saída de veículos. O acesso ao Cemitério deve ser feito pelas ruas Francisco Baptista, por meio das ruas José Florêncio Dias e Eduardo Zacarelli, e José Camacho, com entrada pelo trevo das Três Ilhas.

CELEBRAÇÃO – O Dia de Finados é a data para a celebração aos Fiéis Defuntos. Para a Igreja Católica, não se trata de um feriado qualquer, mas de uma oportunidade de rezar pelos que deixaram a vivência terrena e que buscam a plenitude da eternidade diante da face de Deus. Desde os primeiros séculos, os cristãos já visitavam os túmulos dos mártires para rezar por eles e por todos aqueles que fizeram parte da comunidade primitiva para oferecer sufrágios e orações pelos mortos. No século XIII, o Finados passou a ser celebrado em 2 de novembro, já que em 1º de novembro era comemorado o Dia de Todos os Santos.

Compartilhe

Deixe uma resposta