“Ciclone bomba” causa mortes no Sul e traz ventos fortes e frio ao Sudeste
Crédito: Istock/lavizzara - Ciclone bomba se aproxima do Brasil e coloca RS sob alerta

O fenômeno também pode afetar, em menor escala, a região sul e sudeste do país.

Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Metereologia), a capital de São Paulo e Mato Grosso do sul ficam em estado de risco, com ventos que podem chegar entre 40km/h e 60km/h.

De acordo com o IPMET (Cento de Metereologia de Bauru), os ventos em nossa região podem chegar até 29km/h, com queda de temperatura durante a semana.

A Defesa Civil de Assis, alertou ontem (30 de junho), a chegada de uma frente fria que permanecerá até sexta feira (03 de julho). O fenômeno pode trazer rajadas de vento, ocorrência de raios, quedas de temperatura, e geadas em pontos isolados do estado.

A Defesa Civil pede a atenção da população para locais mais sensíveis aos fenômenos meteorológicos, principalmente aos postes inclinados, arvores, e rachaduras em edificações.

Fonte: G1, R7 e Defesa Civil

Compartilhe

Deixe uma resposta