Dona de bar entregou corote de pinga a três menores, que ficaram embriagados; ela pagou fiança de R$ 1 mil para responder ao processo em liberdade

 

Uma comerciante de 38 anos, proprietária de um bar no bairro Paraná, foi presa na tarde de terça-feira depois de vender bebida alcoólica a três adolescentes com idades de 14, 15 e 16 anos. O caso, previsto como crime no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), foi denunciado à Polícia Civil pelas mães dos garotos, que consumiram um corote de pinga e ficaram embriagados. Um deles passou mal devido à intoxicação etílica.

De acordo com registros de ocorrência, as mães dos adolescentes procuraram a Delegacia de Palmital no período da tarde para noticiar que seus filhos seus filhos compraram bebida alcoólica no bar localizado na rua Paulo Vergínio e consumiram o produto, ficando embriagados. O adolescente de 14 anos passou mal e nem conseguiu comparecer à unidade da Polícia Civil para o registro do caso.

Depois da denúncia, policiais civis foram até o bar e identificaram a proprietária, que confessou ter vendido aos adolescentes um corote de pinga pela manhã. A comerciante foi apresentada ao delegado Giovani Bertinatti, que decretou sua prisão em flagrante com base nos dispositivos do ECA. A acusada foi liberada mediante pagamento de fiança de R$ 1 mil, ganhando o benefício de responder ao processo em liberdade.

Leia também no JC Online

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia