Estelionatário se passa por policial civil e idosa perde R$ 7,4 mil em golpe
Compartilhe

Uma idosa de 71 anos teve prejuízo de R$ 7,4 mil ao ser vítima de um golpe em Ribeirão Preto (SP). Segundo a Polícia Civil, estelionatários se passaram por funcionários de uma agência bancária para conseguir os dados da mulher, e depois realizarem saques e compras com o cartão dela.

 

Ainda de acordo com a polícia, a mulher contou que recebeu uma ligação no dia 27 de janeiro de uma pessoa que dizia ser funcionária do banco onde ela possui conta. A suposta servidora da agência bancária questionou a idosa se ela havia realizado uma compra no valor de R$ 2,2 mil, em Fortaleza (CE).

 

Após a idosa negar a venda, a funcionária afirmou que o cartão da mulher havia sido clonado e precisava ser cancelado. Para que o procedimento fosse realizado, um policial civil iria até a casa dela para buscar o cartão e a senha usada nas transações, que seria encaminhado para investigação.

 

Um suposto policial esteve na residência da vítima, no bairro Independência, zona Norte da cidade e a mulher entregou o cartão e a senha dela. A idosa descobriu que, após o fato, compras e saques não autorizados por ela foram realizados no valor de R$ 7,4 mil.

 

O caso é investigado pela Polícia Civil como estelionato.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta