Médico é executado na saída do plantão

O médico José Marcial Centurion Cáceres, 50 anos, foi executado a tiros na tarde desta terça-feira (11/06) quando saía do plantão de trabalho no Instituto de Prevision Social (IPS), localizado na Rua Brasil, bairro XX, em Pedro Juan Caballero, na fronteira entre o Paraguai e Ponta Porã (MS).

 

O crime aconteceu por volta das 14 horas, quando o médico entrava em seu veiculo Kia Sorento, cor branca. Ele foi surpreendido por um pistoleiro que pilotava uma motocicleta e realizou 15 disparos de pistola 9 mm. José não resistiu e morreu antes de receber atendimento médico.

 

Testemunhas informaram que o suspeito estava há horas esperando o médico sair do plantão. De acordo com o site Porã News, investigadores da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica recolheram câmeras de segurança da região, que podem colaborar na identificação do autor. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade.

 

A direção de Policia Nacional do Paraguai em Pedro Juan Caballero recebeu duras criticas, já que este é o 7º homicídio só no mês de junho na cidade. Pedro Juan recebeu reforço policial que realiza controle na entrada da cidade, mas os bairros ficaram sem policiamento.

Leia também no JC Online

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia