Menina de 7 anos que foi queimada pelo próprio primo morre depois de ficar internada em hospital
Compartilhe

Morreu na madrugada de segunda-feira (23/09) Eloá Giovanna, de 7 anos, que teria sido queimada por um primo em 23 de agosto no jardim Leonor, na zona oeste de Londrina. Ela estava internada no CTQ (Centro de Tratamento) no HU (Hospital Universitário).

 

Conforme a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, que atenderam a ocorrência no mês passado, Eloá foi encontrada saindo correndo de sua própria casa com o corpo em chamas. Ela teve queimaduras de segundo e terceiro grau e foi internada em estado grave no HU. Entretanto, Eloá morreu no início da madrugada, segundo informações da assessoria de imprensa do HU.

 

O principal suspeito é o primo da vítima, de 22 anos, que foi detido pela PM e está em prisão preventiva. O caso corre em segredo de Justiça. O outro primo da vítima, um jovem de 18 anos, também havia sido detido, mas foi liberado posteriormente.

Fonte: BondeNews

Compartilhe

Deixe uma resposta