Na  Itália, garoto da base abaixa calção para árbitra e pega um ano de gancho
Compartilhe

Um garoto de 14 anos, de identidade não revelada, foi suspenso por um ano do futebol na Itália por abaixar o calção e fazer um gesto vulgar e sexista a uma árbitra. O episódio aconteceu no dia 22 de maio, durante torneio sub-14 em Veneza. 

Árbitra de 22 anos já apitou mais de 40 partidas de base O jogador do Treporti arriou a bermuda após a árbitra Giulia Nicastro apontar um escanteio contra o seu time. O atleta foi expulso logo depois da ofensa à juíza de 22 anos. Ela já atuou em mais de 40 partidas de categorias de base. 

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) descreveu o ocorrido como “totalmente inaceitável”. A suspensão ao menino, feita pelo Tribunal Disciplinar de Veneza, pode ser reduzida pela metade caso ele concorde em realizar um programa de reeducação.

“Do meu lado, não deve haver qualquer redução da punição. Eu irei intervir decisivamente (se houver alguma mudança), não é aceitável (o gesto), não posso esconder minha decepção”, disse Gabriele Gravina, presidente da FIGC, à “BBC Sport”.

Com a punição, o menino não poderá acessar nenhum campo ou qualquer instalação em que um evento da  Federação Italiana de Futebol esteja sendo realizado.

Árbitra de 22 anos apitou mais de 40 partidas

Compartilhe

Deixe uma resposta