Palmital tem primeiro caso suspeito de coronavírus, revela Secretaria de Saúde
Compartilhe

A Prefeitura de Palmital, por meio da Secretaria de Saúde, divulgou na tarde desta sexta-feira (27/03) o boletim epidemiológico do dia e informou que a cidade tem o primeiro caso suspeito do coronavírus.

O balanço revela também que existem 48 casos monitorados de pessoas que tiveram contato com pacientes suspeitos ou estiveram em localidades de risco quando chegaram à Palmital. Duas ocorrências foram descartadas.

A Secretaria de Saúde informou que o paciente suspeito é jovem, na faixa etária entre 20 e 30 anos. Ele necessitou de atendimento médico com sintomas da infecção pelo Covid-19, mas não foi hospitalizado.

O rapaz está em isolamento social e, caso apresente complicações respiratórias, poderá ser hospitalizado. Somente se o quadro se agravar é que será colhido o exame para a confirmação ou não da doença.

O paciente recebe tratamento domiciliar com acompanhamento da Unidade Básica de Saúde de sua referência. A pessoa com suspeita de coronavírus teria feito uma viagem recente a São Paulo e possui histórico de “doença de base”, o que pode aumentar os riscos à sua saúde.

As pessoas em situação de monitoramento ficam em casa por 14 dias (tempo estimado para incubação do vírus) e, caso não haja qualquer sintoma, são liberadas. O material informativo divulgado pela Prefeitura tem como objetivo evitar fake news e mostrar transparência na administração pública durante o período de pandemia, oferecendo informações para diferenciar situações de “suspeita” e de “caso confirmado”.

Compartilhe

Deixe uma resposta