• Post category:Destaques
Perguntas sem respostas
Compartilhe

“…candidatos dizem o muito que pretendem, mas nunca explicam como farão…”      

A observação das campanhas dos candidatos mostra que todos propõem continuidade e ampliação do que se faz ou novas formas de trabalho, além de inovações e renovação dos quadros, mas ninguém explica como serão feitas as mudanças e muito menos para que serve a renovação de pessoas quando não existe a renovação das práticas. Os temas mais relevantes, cruciais para a administração pública, nunca são discutidos de forma abrangente e muito menos aprofundados, já que a maioria do eleitorado simplesmente desconhece as dificuldades orçamentárias e financeiras enfrentadas pelo Município.

O eleitor quer que a cidade ofereça mais casas populares, mas não sabe o motivo pelo qual existe defasagem nesse setor. O cidadão deseja mais segurança, mas desconhece as formas pelas quais a Prefeitura pode investir nesse setor. As pessoas necessitam de oferta permanente de medicamentos básicos, mas não entendem a falta de previsão para manutenção e reposição antecipada dos estoques. Os estudantes querem subsídio ou gratuidade do transporte de universitários, mas não são informados sobre as restrições existentes. E, apesar das muitas dúvidas, os candidatos apresentam poucos esclarecimentos.

LEIA A COLUNA COMPLETA NA VERSÃO IMPRESSA DO JC.

Compartilhe

Deixe uma resposta