PM de Palmital captura grupo que tentava resgatar carro com objetos roubados
Compartilhe

A Polícia Militar de Palmital realizou na quarta-feira da semana passada (09/10) uma operação que resultou na captura de cinco homens que estariam tentando resgatar um veículo apreendido no pátio da Ciretran que tinha em seu interior objetos roubados. Os suspeitos estavam em dois veículos que foram abordados por policiais militares. Todos foram levados à Delegacia da Polícia Civil, onde foram identificados para posterior apuração dos fatos.

 

Segundo informações da ocorrência, policiais faziam patrulhamento pela manhã e receberam informações que os ocupantes de um Fiat Uno, estariam vindo a Palmital para recuperar, do pátio do permissionário da Ciretran, um GM Corsa que havia sido apreendido no município de Campos Novos Paulista dias antes. Dentro do carro, segundo fontes policiais, estariam objetos roubados de uma propriedade rural em Ocauçu no dia 5 de outubro.

 

Os policiais solicitaram apoio de outras unidades da 3º Companhia da PM e uma equipe conseguiu localizar o Uno quando chegava a Palmital pela Raposo Tavares. O veículo foi acompanhado e abordado em blitz montada nas proximidades do Anel Viário, na extensão da rua Sete de Setembro. Os pms constataram que o motorista, de 43 anos, não tinha habilitação e que o licenciamento do carro estava vencido, resultando em apreensão. O condutor era acompanhado de outros homens com idades de 38 e 32 anos. Os três residem em Cândido Mota.

 

O motorista foi questionado sobre o Corsa apreendido e disse que o havia vendido o veículo na semana anterior a outro homem, cujo apelido foi informado aos policiais, residente em Campos Novos Paulista. O suspeito disse também que sabia que o carro estava apreendido, mas que não tinha conhecimento da existência de objetos roubados em seu interior.

 

Na sequência, os policiais receberam informações de que um Fiat Prêmio estava aguardando o trio detido nas proximidades da unidade do Detran de Palmital, no bairro Paraná. Os dois ocupantes foram abordados pela PM. O motorista, de 39 anos, estava acompanhado de um rapaz de 25. Ambos são residentes em Salto Grande. O carro apresentava irregularidades nas tarjetas das placas e estava com dois pneus carecas, sendo também apreendido.

 

Os policiais foram até o pátio da permissionária da Ciretran e abriram o Corsa, onde encontraram um pé-de-cabra, uma bomba hidráulica, um temporizador elétrico, uma chave de rodas para caminhão, uma faca com cabo de madeira, um chapéu de feltro e um cabo-de-aço de 4 metros. Também encontraram uma touca ninja e um par de luvas de lã, que são acessórios geralmente usados por criminosos para não serem reconhecidos em assaltos.

 

A ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil, onde todos os integrantes do grupo foram identificados. Após os registros policiais, houve a liberação dos suspeitos. Os objetos foram reconhecidos e devolvidos ao proprietário. As informações da ocorrência estão sendo encaminhadas aos responsáveis pela apuração do crime em Ocauçu, visando o esclarecimento dos fatos e a identificação dos autores do assalto.

Compartilhe

Deixe uma resposta