Polícia apreende adolescente suspeito de matar e enterrar idosa em vala improvisada
Compartilhe

A Polícia Civil de Botucatu (SP) apreendeu nesta terça-feira (27) um adolescente de 17 anos suspeito de matar a idosa de 62 anos que foi encontrada enterrada no bairro Santa Eliza.

Segundo a Polícia Civil, a equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) apurou que a vítima era usuária de drogas e estava furtando os entorpecentes do suspeito.

No sábado (24), segundo a polícia, o menor teria flagrado o furto e matou a idosa por vingança, com uma paulada na cabeça, além de esfaqueá-la e enterrá-la em uma cova no local conhecido como “Raia do Santa Eliza”.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a DIG continua as investigações para apurar se mais pessoas estão envolvidas no crime, mas o adolescente relatou à polícia que agiu sozinho.

No dia em que Cleuza foi encontrada, o marido da vítima e o filho dele foram levados à delegacia para prestar esclarecimentos, sendo liberados em seguida. Segundo a Polícia Civil, a participação deles no crime foi descartada.

O caso foi registrado como homicídio e ocultação de cadáver. A Polícia Civil informou que o adolescente será levado para o Núcleo de Atendimento Inicial (NAI) de Botucatu, onde vai aguardar por uma vaga na Fundação Casa.

Fonte: G1

Compartilhe

Deixe uma resposta