Polícia flagra pesca proibida e desmatamento no lago da hidrelétrica de Palmital
Compartilhe

A Polícia Ambiental realizou na quinta-feira (25/06) ações de fiscalização às margens do lago da usina hidrelétrica de Canoas II, no rio Paranapanema. Durante o trabalho, foram realizadas duas autuações de crimes ambientais na Água da Mexerica, em Palmital.

 

Conforme dados policiais, um homem que fazia pesca subaquática em local proibido no lago da usina. Ele estava com um arbalete (arma de arpão), além de roupa de mergulho, pés-de-pato, snorkel, máscara e faca.

 

Houve a constatação da supressão de vegetação em área de proteção permanente às margens do lago, com o “bosqueamento” de um perímetro de 0,044 hectares, sem a devida autorização. As ocorrências foram registradas na Delegacia da Polícia, para abertura de processos de crime ambiental.

Leia matéria completa na edição impressa do JC

Compartilhe

Deixe uma resposta