Polícia prende homem suspeito de matar colega a tiros em estrada de terra
Compartilhe

Segundo a polícia, vítima e suspeito são de Santa Catarina e vieram para o interior paulista vender entorpecentes. Crime foi cometido por dívida de drogas.

A Polícia Civil de Lins (SP), através da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), prendeu no final da tarde desta terça-feira (18) o homem suspeito de matar um colega a tiros em uma estrada de terra no Jardim Santa Maria, em Lins (SP).

A vítima foi encontrada morta durante a madrugada pelo funcionário de uma usina de cana-de-açúcar. O homem tinha vários ferimentos de tiros pelo corpo e marcas de pneu sobre o peito.

Segundo a polícia, o homem não foi identificado imediatamente porque não estava com os documentos. Depois, a equipe pegou as impressões digitais e ele foi identificado como um morador de Santa Catarina.

O delegado titular da DIG, Wanderley Santos, informou que a vítima e o colega eram integrantes de uma facção criminosa e tinham ido até Lins para vender drogas. No entanto, o suspeito relatou à polícia que a vítima passou a não pagá-lo e, depois do terceiro calote, cometeu o crime no canavial.

No fim da tarde de terça-feira (18), a polícia encontrou o suspeito no local onde ele estava escondido e ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e homicídio. Com ele, a equipe apreendeu entorpecentes.

Compartilhe