Compartilhe

Secretaria de Saúde faz combate ao mosquito na área em que dois pacientes foram vítimas da doença; órgão reforça ações de orientação e prevenção

 

Jornal da Comarca Saúde
Equipe iniciou trabalhos na segunda-feira

A equipe de Controle de Endemias iniciou na segunda-feira o trabalho de nebulização com inseticida para combater o Aedes aegypti na região do bairro São José. A medida foi adotada depois que a Secretaria de Saúde confirmou, na semana passada, o surgimento de dois novos casos da doença que afetaram pacientes residentes no Jardim Paulista e no conjunto Waldyr Faro. O órgão municipal, por meio da Vigilância Epidemiológica, também reforçou as ações de prevenção ao mosquito junto à população.

A nebulização foi iniciada na manhã de segunda-feira nas imediações da escola Maria Eulália Vieira Scala e deverá seguir até a Rua São Paulo, no final da cidade, atingindo também o Jardim Paulista e os conjuntos habitacionais Waldyr Faro e Albino Rainho. A expectativa é que as ações previstas em área que totaliza 32 quarteirões sejam concluídas até sexta-feira. Caso as condições de clima não contribuam para a realização dos trabalhos, o prazo deverá ser prorrogado.

Segundo a enfermeira Lucéia Sartori, coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde, os dois casos confirmados interromperam um período de mais de seis meses sem a doença em Palmital. Ela revelou que, no momento, há apenas um caso suspeito aguardando resultados do exame laboratorial e que o órgão municipal está empenhado em mobilizar a população a contribuir para evitar a manutenção de focos do mosquito em residências e terrenos na cidade.

Compartilhe

Deixe uma resposta