Rapaz baleado durante tentativa de homicídio recebe alta da UTI do Hospital Regional
Vítima permanece internada na enfermaria do Hospital Regional, em Presidente Prudente
Compartilhe

Vítima, de 21 anos, foi levada à unidade de saúde em estado grave no último domingo (2). Jovem continua internado na enfermaria, no entanto, seu quadro é considerado estável.

Um rapaz, de 21 anos, que foi baleado durante uma tentativa de homicídio registrada no Parque dos Pinheiros, em Álvares Machado (SP), no último domingo (2), recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional nesta quarta-feira (5), depois de ficar três dias internado em estado de saúde considerado grave.

De acordo com o Hospital Regional, o paciente foi liberado da UTI na tarde desta quarta-feira (5). Ainda conforme O HR, neste momento, ele permanece internado na enfermaria e seu estado de saúde é considerado estável.

O delegado responsável pelas investigações, Irio Miola Júnior, contou que a Polícia Civil continua trabalhando para esclarecer os fatos.

“Tudo indica que ainda nesta semana teremos boas notícias relacionadas à investigação”, disse 

O caso

Uma tentativa de homicídio foi registrada no Parque dos Pinheiros, em Álvares Machado (SP), na manhã de domingo (2). A vítima, atingida por diversos disparos de arma de fogo, é um rapaz de 21 anos, que foi internado no Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente (SP), em estado considerado grave. Um inquérito policial já foi instaurado para apurar o crime.

De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionada e quando a equipe chegou ao local encontrou a vítima caída, bem debilitada, em uma calçada. No momento, o rapaz disse o nome de quem teria sido o autor dos disparos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou o jovem para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona norte de Presidente Prudente, de onde foi transferido para o HR.

Conforme contou o delegado Írio Miola Junior, a vítima indicou o primeiro nome do possível autor, que seria um indivíduo morador do bairro. Contudo, o homem ainda não foi identificado e localizado.

Além de investigar a autoria e a motivação, a Polícia Civil também apura o que a vítima fazia no local. De acordo com Miola Junior, o rapaz cresceu em Álvares Machado, mas havia alguns anos morava em Regente Feijó (SP).

Segundo o delegado detalhou, a UPA informou aos policiais que havia aproximadamente 10 perfurações no corpo, no entanto, devido ao estado da vítima, ainda não foi possível assegurar que todas são lesões de entrada de projéteis ou se são ferimentos também de saída de tiros.

Miola Junior ainda ressaltou que, caso alguém tenha informações que ajudem a polícia nas investigações, pode denunciar anonimamente pelo telefone 197. “É totalmente sigiloso”, afirmou.

No local foram apreendias uma peça de roupa da vítima, retirada durante o socorro, e uma garrafa de pinga.

FONTE: G1

Compartilhe