• Post category:Rapidinhas
Compartilhe

NOITE DE GALA

Esperando muito público, que não compareceu, além de filmagens e fotos, os vereadores capricharam no figurino na sessão de segunda-feira, quando receberam denúncia contra o prefeito Ronqui. Vários de ternos e as mulheres bem produzidas, com exceção de Rodolfo Mansoleli, que manteve a vestimenta despojada, e do Dr. Eduardo, sempre de branco, em plantão permanente.

 

REPERCUSSÃO GERAL

A medida da Câmara Municipal de Palmital, de abrir processo de investigação por infração político-administrativa contra o prefeito, que pode levar à cassação de mandato, causou surpresa em leitores do JC. Muitos da cidade já conhecem as motivações, mas alguns que moram fora consideraram o motivo bastante irrelevante.

 

EXCESSO DE CANDIDATOS

Em algumas mensagens enviadas em “off” ao JC, leitores expressaram opiniões convergentes, de certo exagero e desejo de punir o prefeito. Outro leitor acha que todos os que votaram a favor do processo pretendem ser candidatos nas eleições, o que daria um número exagerado de pretendentes, contrariando nossa tradição de apenas dois adversários.

 

IMPEDIMENTOS E INTERESSES

Para votar a cassação do prefeito existem restrições, como o impedimento do denunciante e de partes interessadas. Caso o processo chegue para votar em plenário, Christina Amaro é a denunciante, assim como o presidente da casa, e até seu suplente, são partes interessadas. O presidente herdaria o cargo do prefeito e o suplente assumiria na Câmara.  

 

NEPOTISMO ELEITORAL

O TSE – Tribunal Superior Eleitoral – decidiu que o lançamento de candidaturas laranjas, para fraudar a cota mínima de candidatas mulheres, deve levar à cassação de toda a chapa eleitoral, com perda do mandato dos eleitos. A medida é boa, mas deveria ser mais abrangente, pois já tivemos até laranja praticando “nepotismo eleitoral”. Não é mesmo?

 

ASSÉDIO VIRTUAL

Reforçando as redes sociais como principal meio de comunicação entre pessoas, uma postagem inusitada foi feita na página Ibirarema Sim Senhor. Uma jovem reclamou dos inúmeros pedidos de amizade enviados por homens casados ao Facebook de sua mãe, logo após o falecimento de seu pai, afirmando que ninguém estava buscando substituto. Assédio virtual não perdoa nem luto.

 

SHOW DE COMENTÁRIOS

O que anima o Face são os comentários de amigos e desconhecidos. Diante da afirmação da filha de que, caso os pedidos de amizade continuassem ela iria divulgar os nomes, muitos manifestaram repúdio ao assédio, enquanto outros defenderam os interessados alegando que pedido de amizade não representa interesse. Sujeito casado buscando amizade de viúva recente é suspeito.

 

CHUVARADA E BARRO

Depois de longo período de seca, com muita poeira e várias queimadas de canaviais (culpa do Bolsonaro), estamos perto da primavera e as chuvas começam a voltar timidamente. Não demora que as redes sociais sejam invadidas pelos descontentes com o excesso de chuvas e de barro nas estradas. No mundo virtual, reclamar é o que interessa.

Compartilhe

Deixe uma resposta