Servente é preso após ameaçar a mãe na região do São José
Compartilhe

Um servente de pedreiro de 35 anos foi preso na noite de quinta-feira da semana passada depois de ameaçar a mãe e uma prima em Palmital. O acusado descumpriu medida protetiva decretada pela Justiça da Comarca, pois não poderia se aproximar da genitora devido a episódios de violência anteriores. Ele foi preso por policiais militares no conjunto habitacional Antônio Joaquim, ao lado da Creche São Sebastião, na região do São José, e apresentado na Delegacia da Polícia Civil.

 

De acordo com registros de ocorrência, uma equipe da PM foi acionada para atender inicialmente um caso de desinteligência na casa da aposentada de 69 anos, na rua Ângelo José Alves, no conjunto Antônio Joaquim (antiga Vila de Nossa Senhora de Fátima). No local, a idosa relatou que seu filho, contra o qual tem medida protetiva, havia atirado pedras na casa de sua irmã, que mora ao lado, ameaçando também sua neta, uma estudante de 15 anos.

 

O servente ainda estava pelo local quando da chegada dos policiais e, bastante exaltado, reagiu à abordagem, sendo necessário uso de força física para que fosse contido e algemado. Os pms apresentaram o acusado na Delegacia da Polícia Civil, onde ele reservou-se no direito de permanecer em silencio durante o interrogatório. A mãe e a prima do acusado foram ouvidas e confirmaram o descumprimento da medida protetiva, conforme processo que tramita na Justiça da Comarca, bem como a ameaça à adolescentes.

 

Diante da situação de descumprimento de ordem judicial, o delegado Gustavo Siqueira ratificou a voz de prisão devido à infração cometida pelo acusado, deixando de arbitrar fiança para o caso. Após os registros policiais, o servente foi levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Assis e, posteriormente, para a Cadeia Pública de Lutécia, onde ficou à disposição da Justiça.

Compartilhe

Deixe uma resposta