Técnico de informática é preso após invadir sistema de faculdade para provar falha

Um técnico de informática foi identificado pela Polícia Civil nesta quarta-feira, 5, como o responsável pela invasão do servidor de dados de uma faculdade, em Assis (SP).

Em cumprimento de mandado de busca e apreensão, a polícia apreendeu o notebook usado para acessar ilegalmente o sistema e o banco de dados da instituição. Durante vistoria, foram encontrados aproximadamente 1,5 GB de dados subtraídos.

Indagado, o suspeito explicou que é profissional da área de tecnologia da informação, sendo que atua em análise de vulnerabilidades de sistemas computacionais, procedimento conhecido como PENTEST (Penetration Test), teste de intrusão, realizado por meio de uma máquina remota que busca acessar um servidor e encontrar vulnerabilidades nos sistemas instalados por meio da internet.

Ele relatou que, após seu serviço ser recusado pela universidade, decidiu invadir o sistema para ‘provar que ele era falho’. Ele foi conduzido pelos Policiais Civis ao plantão policial da Central de Polícia Judiciária, onde foi ouvido e liberado.

O homem foi autuado pelo crime de invasão de dados. A polícia ainda investiga sobre o uso dos dados.

 

 

Fonte: Achei Santa Cruz

Compartilhe

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Não Permitido Cópia