Tereos investe R$ 15 milhões em biodigestor na unidade de Palmital
Compartilhe

Sistema de geração de biogás instalado na unidade de Palmital remove até 95% da carga orgânica dos efluentes resultantes da fabricação de amido

 

A Tereos Amido e Adoçantes Brasil, empresa do Grupo Tereos instalada em Palmital, inaugura nesta sexta-feira (08/11) o seu biodigestor. A empresa investiu R$ 15 milhões no sistema de tratamento que reutiliza resíduos do processamento de milho e mandioca, gerando biogás, uma energia limpa e renovável, além de evitar emissões de gases de efeito estufa. Com capacidade para tratar 111 mil litros de efluentes por hora, o novo biodigestor é um dos maiores equipamentos horizontais instalados na América Latina.

 

No processo, a matéria orgânica é decomposta por bactérias anaeróbicas, que de forma natural geram um composto de metano e dióxido de carbono – o biogás. Com a geração do biogás, a empresa pode reduzir em até 20% a compra de bagaço de cana, palha de milho e outros tipos de biomassa usados na caldeira de cogeração de energia. Ao final do ciclo, até 95% da carga orgânica é retirada dos efluentes, e a água pode retornar ao meio ambiente.

 

O biogás configura-se em ótima alternativa para geração de energia para instalações agrícolas em áreas rurais com menos acesso a linhas de transmissão de energia. O aproveitamento da energia do biogás representa utilização sustentável e produtiva para os resíduos agrícolas e industriais.

Fonte: Assessoria da Tereos

Compartilhe

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta