‘Chegou na brutalidade’, diz jovem negro imobilizado com ‘mata-leão’ em abordagem da PM em João Ramalho
Compartilhe

Polícia Civil instaurou inquérito sobre o caso registrado em João Ramalho (SP). Novos vídeos mostram parte da ação.

O granjeiro Rodrigo Ramos, de 20 anos, que teve viralizado o vídeo em que aparece sendo abordado por policiais militares em casa, em João Ramalho (SP), relata sobre ter sido imobilizado com um “mata-leão. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.

O jovem contou que a situação foi registrada na segunda-feira (20), quando estava em casa no horário de almoço e pegou a moto para voltar ao trabalho, em uma granja na cidade.

“Acabei encontrado a viatura e não tenho habilitação. Por medo, pensei em voltar embora com medo de perder a moto. Cheguei em casa e guardei a moto quando os policiais chegaram. A moto tinha caído. Eu disse que não ia sair porque não tinha mandado”, lembra.

Polícia investiga vídeo em que jovem negro é abordado em SP — Foto: Redes sociais

Polícia investiga vídeo em que jovem negro é abordado em SP — Foto: Redes sociais

 

O vídeo mostra os PMs retirando o rapaz do terreno da casa da família com o golpe no pescoço. A pessoa que filma comenta que ele não conseguia respirar.

“Invadiram dentro de casa, olha o que estão fazendo com o moleque. Tá passando falta de ar.”

 

O que diz a polícia

Em nota, a PM afirmou que a equipe fazia patrulhamento quando viu um motociclista com uma moto sem placas e trafegando sentido a saída da cidade. Em seguida, a polícia diz que o rapaz percebeu a viatura e tentou fugir, retornando para o município.

Os policiais afirmam que fizeram o acompanhamento, dando ordem de parada, que foi desobedecida. Ele teria continuado na fuga e ultrapassado parada obrigatória na via.

“Na abordagem, o condutor desobedeceu à ordem legal e seus familiares investiram contra os policiais para agredi-los, puxando a motocicleta e o condutor, além de desacatarem os policiais proferindo diversas ofensas”, afirmou a corporação.

 

Granjeiro foi abordado por policiais — Foto: Arquivo pessoal

Granjeiro foi abordado por policiais — Foto: Arquivo pessoal

 

Ainda segundo a nota, foi usada a “força moderada” para levar o motociclista e outro rapaz à delegacia por desacato e pela fuga com veículo sem documentação.

Outros registros, que mostram momentos da abordagem. Em um determinado momento, um dos policiais jogou uma bicicleta enquanto os PMs entram na casa. Um primo de Rodrigo também foi encaminhado à delegacia.

Na delegacia, foi registrado o boletim de ocorrência por desacato, desobediência e resistência. O jovem foi autuado pelas infrações de trânsito, por não ter documentação, e a moto foi recolhida ao pátio municipal. Não constava queixa de furto ou roubo.

‘Não conseguia respirar’

A PM informou também que em uma análise preliminar “a Polícia Militar não verifica nenhuma irregularidade na ação dos agentes”.

Segundo Rodrigo, a moto foi comprada há uma semana e está em nome do pai dele. Contudo, o rapaz não contexto a direção sem CNH, mas como teria sido a abordagem dos policiais.

“Não é pelo fato de pegar a moto. Fiquei em choque pela abordagem, pelo jeito que foi. Já chegou na brutalidade e não deixava a gente falar. Eu já não conseguia respirar mais. Na hora achei que ele ia me matar, porque apertava forte.”

Ao G1, o delegado responsável pelo caso informou que o vídeo e outros registros na íntegra serão analisados, assim como um possível crime cometido pelos agentes e o rapaz durante a abordagem.

FONTE:G1

Compartilhe

Deixe uma resposta