Compartilhe

Um homem de 38 anos foi preso pela Polícia Militar na noite de terça-feira (15/02) em Platina por infrações aos dispositivos da Lei Maria da Penha, que pune práticas de violência doméstica. Alterado, o acusado descumpriu medida protetiva e foi até a casa da ex-mulher, de 25 anos, para dizer que iria matá-la e ameaçar que atearia fogo no imóvel.

Policias receberam solicitação do Copom por volta das 23 horas e foram até a residência, no bairro Coqueiral, para apurar o caso de violência doméstica e descumprimento de metida protetiva. No local, os pms flagraram o homem pulando o muro da casa e tentando fugir. O acusado estava agressivo e foi contido pela equipe mediante uso de força física.

A mulher informou que o ex-marido invadiu sua casa chutando a porta e dizendo que iria acabar com sua vida. O acusado também teria ligado o gás do fogão e ameaçado que iria atear fogo na residência. A informação foi confirmada por uma testemunha, de 28 anos, que estava no local.

Os policiais militares informaram que, horas antes da prisão, acusado já havia estado no imóvel e agredido a mulher, resultando em outra ocorrência. O homem foi apresentado no plantão da Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante, e depois encaminhado para a Cadeia Pública de Lutécia, onde fiou à disposição da Justiça.

Compartilhe

Deixe um comentário