Motociclista de Palmital tem bom resultado no Campeonato Brasileiro de Wheeling
Compartilhe

Thales Fiorentino pratica modalidade há oito meses e foi o nono colocado na competição realizada durante o Motofest em Ourinhos

 

O palmitalense Thales Fiorentino, de 30 anos, teve um bom desempenho a etapa do Campeonato Brasileiro de Wheeling realizada durante o Motofest de Ourinhos no último final de semana. Ele foi o nono colocado em uma categoria amadora da competição, que ocorreu durante a tarde e a noite de sábado no recinto da Fapi. A modalidade esportiva, cuja denominação em inglês deriva do termo “empinar”, combina manobras e movimentos que exigem equilíbrio, força, habilidade e técnica dos pilotos.

Thales, que foi a Ourinhos com a companhia e incentivo da esposa Flávia, representou Palmital na competição de manobras com uma Honda Twister adaptada na categoria speedy, para motos com motores entre 125 e 500 cilindradas. As apresentações foram avaliadas por Lucas Jorge, que é hexacampeão brasileiro de wheeling. O palmitalense, que tem apoio de empresas da cidade, ficou entre os dez primeiros e levou para casa um troféu.

O motociclista, que trabalha como motorista de caminhão, comemorou o resultado e disse que pratica a modalidade há apenas oito meses. Thales contou que disputou anteriormente a 2° etapa do Campeonato Paulista da modalidade na cidade de São Sebastião, onde consegui o sétimo lugar. Ele disse que o próximo desafio será a 3° etapa da competição estadual, que será realizada em São Bernardo do Campo, mas sem data prevista para realização.

Thales contou ao JC que utiliza uma moto de 250 cilindradas que passou por adaptações para a prática do wheeling, inclusive com a instalação de alavanca para frear a roda traseira com a mão. Por se tratar de um esporte de risco, o motociclista destacou a importância da utilização dos equipamentos de segurança que incluem capacete, joelheira, cotoveleira, protetor de coluna e calçado fechado.

O motociclista disse que, pelo wheeling não ser permitido em vias públicas e a moto de competição estar fora das especificações de lei de trânsito, realiza seus treinamentos na pista asfaltada do recinto da Festa do Peão de Palmital. A preparação conta com o suporte do treinador Jefferson Matheus Tavares dos Santos, de Santa Cruz do Rio Pardo, que também compete na modalidade e foi o segundo colocado na categoria Pro-motors (de 600 até 1000 cilindradas) em Ourinhos.

Compartilhe

Deixe uma resposta