Suspeito de ser mandante do assassinato de advogado em Mato Grosso é preso
Polícia Civil encontrou o foragido neste segunda-feira (24), em Presidente Prudente
Compartilhe

Homem foi encontrado enquanto tomava sol na varanda de uma residência nesta segunda-feira (24).

Um homem foi preso em Presidente Prudente (SP), na Vila Real, nesta segunda-feira (24), suspeito de ser o mandante de um assassinato de um advogado em Mato Grosso. O crime ocorreu em Juara (MT), no dia 17 de março deste ano.

O suspeito foi encontrado pela polícia durante diligências feitas pela equipe. Ele tomava sol na varanda de uma residência quando foi localizado.

José Carlos de Oliveira Júnior, delegado divisionário da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic), em Presidente Prudente, disse que a polícia de Mato Grosso entrou em contato, pois a suspeita era de que o homem tivesse fugido para a região.

“Nós descobrimos essa casa e desconfiamos de que ele estaria nela. Fizemos as diligências e nesta segunda-feira [24] tivemos êxito em encontrá-lo”, explicou.

O suspeito foi preso preventivamente e será recambiado ao Estado de Mato Grosso. Outros dois homens, também suspeitos de envolvimento no crime, já haviam sido detidos pela polícia em Juara, no dia do assassinato.

Mais prisões

Outros dois homens foram presos suspeitos de morte de advogado em Juara — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Assessoria
Outros dois homens foram presos suspeitos de morte de advogado em Juara

Outros dois homens foram presos suspeitos de envolvimento no assassinato em 17 de março deste ano, data em que ocorreu o crime, em Juara.

Os dois suspeitos, que não tiveram os nomes divulgados, foram presos por policiais militares da Força Tática ainda na região de Juara. A arma que teria sido usada no crime foi apreendida.

O crime

Um advogado foi assassinado a tiros no dia 17 de março na cidade de Juara, a 690 km de Cuiabá (MT). Segundo a Polícia Civil, Milton Queiroz Lopes, de 51 anos, foi baleado dentro do escritório dele e morreu enquanto tentava fugir em direção à rua.

Advogado Milton Queiroz Lopes, de 51 anos, foi assassinado em Juara — Foto: Facebook/Reprodução
Advogado Milton Queiroz Lopes, de 51 anos, foi assassinado em Juara

O crime ocorreu às 8h (horário de Mato Grosso) na Rua Belo Horizonte, no Centro da cidade.

Uma pessoa armada entrou no local e disparou contra Milton.

Milton, que estava sentado na mesa do escritório, foi baleado no rosto. Ele ainda correu em direção à rua para fugir, mas não resistiu, caiu na calçada e morreu.

O caso é investigado pela Polícia Civil de Juara.

Arma usada para matar advogado em Juara foi apreendida — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Divulgação
Arma usada para matar advogado em Juara foi apreendida

FONTE: G1

Compartilhe