Ronqui assina convênio de R$ 1 milhão para revitalização do Horto Florestal
Compartilhe

O prefeito José Roberto Ronqui esteve no Palácio dos Bandeirantes na quinta-feira (29/08) para assinar convênio que garante a liberação de R$ 1 milhão para revitalização do Horto Florestal de Palmital, que será transformado no Centro Ambiental. Os recursos são do Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID), da Secretaria da Justiça e Cidadania, e foram autorizados durante evento com o governador em exercício Rodrigo Garcia. Na mesma cerimônia, foram celebradas outras parcerias, totalizando R$ 26,6 milhões para financiamento de obras em 24 cidades.

 

O evento também teve a presença dos secretários da Justiça, Paulo Dimas Mascaretti, e do Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, além de deputados e representantes de órgãos do governo. “O FID auxilia prefeituras e entidades que precisam de investimento para gerar emprego e necessitam melhorar os seus equipamentos públicos”, disse Rodrigo Garcia. Os projetos aprovados integram um lote de propostas apresentadas no final de 2017, que recebeu quase 800 inscrições. O fundo, que recebe recursos de multas por condenações judiciais, é direcionado à execução de obras em benefício da coletividade.

O projeto elaborado pela Prefeitura de Palmital prevê a revitalização de todas as instalações do Horto Florestal, que é uma área de mata nativa anexa à cidade e foi por algumas décadas centro de lazer da população. Segundo a prefeitura, o convênio tem valor total de R$ 1.048.712,76, sendo R$ 949.391.66 aplicados pelo FID e R$ 99.321,10 dos cofres da Prefeitura, a título de contrapartida.

 

O projeto, com foco em questões de sustentabilidade, prevê a construção de um prédio para atividades ambientais, além da reforma das demais estruturas, a implantação de um viveiro de espécies, aquisição de móveis e equipamentos, a pavimentação asfáltica, a instalação de uma portaria e de sistema de iluminação, além de paisagismo e a criação de caminhos de pedra britada em trilhas pela mata.

 

Ronqui destacou a conquista para Palmital e enfatizou a necessidade da criação de um espaço que possibilite incentivar a consciência ambiental e garantir um legado de ações voltadas à preservação do meio ambiente. O prefeito também salientou o apoio do deputado Mauro Bragato, que intercedeu junto ao governo pela viabilização do projeto. “Por erros anteriores, nossa administração foi penalizada com o cancelamento de um convênio do FID para obras de drenagem e estamos devolvendo R$ 1,2 milhão. Porém, o secretário Dimas Mascaretti, que é Cidadão Palmitalense, se sensibilizou com nossas reivindicações e viabilizou um novo convênio em benefício da população de Palmital”, finalizou.

Compartilhe

Deixe uma resposta